×
Segue-nos!
  • Rali d´Aboboreira a fundo pelo título este fim-de-semana

    AUTOMOBILISMO | RALI
    Ver Mais
  • Felgueiras segue em frente na Taça no último folgo

    Ver Mais
  • Sorteio Futsal Feminino (1ªEliminatória)

    Ver Mais
  • Sorteio Futsal Masculino (1ªEliminatória)

    Ver Mais
  • Gonçalo Ribeiro campeão nacional de PréMoto3

    MOTOCICLISMO
    Ver Mais
  • Os jogos da III Eliminatória Taça de Portugal

    FUTEBOL
    Ver Mais

Fernando Parente " Quero o Valpaços a lutar pelos lugares do pódio"

Cheio de vontade para se afirmar na 2ª Divisão, integrando a Serie A, e com uma boa equipa orientada por um dos melhores técnicos transmontanos da atualidade, o Valpaços Futsal está de regresso a um palco consentâneo com a sua qualidade.
Nas suas declarações de antevisão da nova temporada, Fernando Parente, que liderou a equipa valpacense quando esta liderava o distrital de Vila Real antes da interrupção provocada pela pandemia, começou por falar do sentimento que impera entre os jogadores e a estrutura no regresso à competição. "Os atletas, tal como a equipa técnica e direção, estão a viver este regresso com a maior precaução possível, tomando todos os cuidados para que as coisas corram pelo melhor. Era um regresso muito esperado, pois o tempo de paragem foi grande, tendo em conta a normal interrupção entre campeonatos. As maiores implicações deste período peculiar tiveram sobretudo a ver com a condição física dos atletas, pelo que elaborámos um plano de «desmame» competitivo para que eles se apresentassem na melhor forma possível, de modo a não sentirem tanto as cargas de uma pré-época", desvendou.
Na sequência de uma decisão federativa feliz para o clube, que confirmou uma justa subida de divisão, o Valpaços Futsal apresenta-se para esta época com a firme vontade de se destacar pela positiva entre os seus adversários. "Apesar de os campeonatos terem terminado mais cedo devido à pandemia, o Valpaços Futsal sempre acreditou que, estando posicionado na primeira posição do Campeonato Distrital da AFVR, que poderia subir novamente à 2ª Divisão Nacional. A partir do momento em que se abriu uma janela de oportunidade em relação a essa subida, começámos a trabalhar na construção do plantel. O que podem esperar do Valpaços neste seu regresso é de uma equipa a nunca desistir de lutar pelos três pontos em cada jogo, seja qual for o adversário. Uma equipa à procura da constante evolução individual e coletiva, de modo a suplantar as possíveis adversidades que os nossos adversários nos poderão colocar. Uma equipa a lutar pelos seus objetivos e a dignificar a camisola e símbolo que carregam no peito da mesma", garantiu Fernando Parente.
O técnico refere que os objetivos da época passam por "ficar classificado nos primeiros quatro lugares desta primeira fase e depois, consoante o sorteio, ir sonhando no melhor resultado possível para atingir a terceira fase, que é a mais importante nesta época de transição", mas alerta para o equilíbrio e competitividade da Série A, em que a sua equipa está inserida. "Daquilo que conheço neste momento, e uma vez que é a minha primeira presença como treinador numa equipa da Série A, acredito que haja no mínimo cinco, seis equipas a lutar pelos primeiros quatro lugares da tabela. Mas sobretudo parece-me ser uma série bastante equilibrada, ao contrário do que sucedeu em alguns anos com este modelo competitivo. Eu espero sinceramente, sem demagogia e sem querer ofender nenhum dos meus adversários, ver o Valpaços na luta dos lugares do pódio, como se costuma dizer. Mas não basta dizer, temos de ser sérios e competentes para o conseguir jornada após jornada".
Atirando o favoritismo à vitória para o Nun'Álvares, equipa que recebe os transmontanos depois de ter lutado pelo acesso à Liga Placard, Fernando Parente acredita, no entanto, que a sua equipa está apta para chegar aos lugares da frente. " O Valpaços Futsal está não só preparado para assegurar esse lugar de continuidade nos nacionais, como também tem vindo a trabalhar para ter um salto de qualidade no seu processo de jogo que lhe permita essa continuidade, mas também de poder lutar por outros objetivos. Não podemos só formar uma equipa ou um plantel a pensar na manutenção, é um erro enorme. Temos sobretudo de ser ambiciosos e de querer sempre mais e mais", frisou.
Numa equipa técnica formada ainda pelo adjunto Gabriel Faceira e o treinador de guarda-redes Fábio Jales, o Valpaços Futsal tem um plantel que conta com Nilton, Matouças, Marco Carrilho, Breno, Tiago Calado, Pisco, João Marques, Ochoa, Diogo Moutinho, Barraca, Luís Moutinho, Vala, Zé Carvalho, Luciano e Antucho Espinosa.
 
Texto: Gonçalo Novais
Foto: Fernando Parente

 

Partilhar

Data de publicação: 2020-10-09

Outras Noticias

Comentários

  • De momento esta notícia não tem comentários à apresentar.

Deixe um comentário