×
Segue-nos!
  • AF Porto reuniu com os clubes e no fim...nada

    Ver Mais
  • "Novo circuito Lousada? Talvez seja uma boa altura para pensar no assunto"

    ENTREVISTA
    Ver Mais
  • O Sorteio Taça de Portugal (3ªEliminatória)

    Ver Mais
  • Joni Brandão reforça FC Porto/W52

    CICLISMO
    Ver Mais

Portugal com passo firme rumo ao Euro 2022

A equipa nacional recebeu e venceu a Islândia por 26-24, numa partida com minutos finais de loucos. Portugal somou a terceira vitória em outros tantos jogos na Qualificação para o EHF Euro 2022. 
Na 3ª jornada do Grupo 4 da Qualificação, Portugal entrou a vencer, Alexandre Cavalcanti abriu a contagem, mas os islandeses responderam prontamente. Seguiu-se um período sem golos até aos seis minutos e no qual Portugal sentiu grandes dificultes, com as exclusões quase seguidas de Vitor Iturriza e João Ferraz. Depois da Seleção islandesa fez o 1-2, Portugal respondeu com um parcial de 2-0, ao que se seguiram sucessivas lideranças do resultado. Alfredo Quintana mais uma vez em evidência ajudou a Seleção Nacional a alcançar a primeira vantagem de dois golos do encontro, quando Pedro Portela apontou o 8-6, dos 7 metros. O intervalo chegou, com Portugal alcançar três golos de vantagem, diferença essa que se verificou a meio da partida (14-11), favorável à equipa nacional. 
Na segunda metade do encontro, a Islândia entrou melhor e conseguiu encurtar distâncias tendo mesmo, à passagem do minuto 40′ reduzido até à margem mínima (18-17). À passagem pelo minuto 45′, Portugal sofreu mais uma contrariedade com a expulsão de Fábio Magalhães, no lance em que o adversário alcançou o empate a 20 golos. Na fase mais conturbada da partida, a Islândia sofreu uma situação idêntica. Aos 47 minutos, a Islândia passou mesmo para a o comando do marcador (20-21) mas três minutos depois, o golo de André Gomes, voltou a colocar Portugal na frente (22-21). 
Os últimos minutos foram intensos mas Portugal conseguiu assegurar a vitória por 26-24 e está bem encaminhado para voltar  marcar presença num europeu e cada vez mais afirmar o andebol nacional na europa e no mundo.
 
Texto: Redação
Foto: FAP

 

Anexos:

Partilhar

Data de publicação: 2021-01-06

Outras Noticias

Comentários

  • De momento esta notícia não tem comentários à apresentar.

Deixe um comentário