×
Segue-nos!
  • Rali d´Aboboreira a fundo pelo título este fim-de-semana

    AUTOMOBILISMO | RALI
    Ver Mais
  • Felgueiras segue em frente na Taça no último folgo

    Ver Mais
  • Sorteio Futsal Feminino (1ªEliminatória)

    Ver Mais
  • Sorteio Futsal Masculino (1ªEliminatória)

    Ver Mais
  • Gonçalo Ribeiro campeão nacional de PréMoto3

    MOTOCICLISMO
    Ver Mais
  • Os jogos da III Eliminatória Taça de Portugal

    FUTEBOL
    Ver Mais

Rui Costa "Série A está muito forte, mas queremos estar na luta dos quatro primeiros"

Prestes a começar a sua campanha na Série A da 2ª Divisão Nacional de futsal, o Macedense inicia a temporada com um dérbi transmontano frente aos Amigos de Cerva, com a manutenção no horizonte pretendido.
Para Rui Costa, treinador da formação de Macedo de Cavaleiros, a expectativa é a de que vai ter uma equipa competitiva, apesar de todo um contexto muito peculiar de crise sanitária poder ter consequências significativas na forma desportiva dos atletas. "Os atletas estão duplamente ansiosos, desde logo porque depois de sete meses sem competir querem entrar em campo e fazer o que mais gostam e, em segundo lugar, verifica-se a ansiedade decorrente do facto de irem competir num tempo de pandemia, com todas as limitações inerentes, em conjugação com uma profunda alteração dos quadros competitivos", frisou.
A propósito da Série em que a sua equipa está inserida, Rui Costa espera muito equilíbrio competitivo e vários candidatos aos lugares da frente, e falou de uma estratégia preconizada pelo Macedense de conservar, na medida do possível, um certo «núcleo-duro» que facilite o entrosamento entre os jogadores. "O Macedense procurou assentar a base da equipa na renovação contratual com os seus principais jogadores, pois a continuidade é sempre uma mais-valia. Depois foi colmatar saídas e procurar acrescentar valor com atletas com as características pretendidas. Com efeito, a Série A está muito forte, as equipas prepararam-se muito bem e espero um campeonato muito equilibrado e competitivo, e que o Macedense seja uma das equipas envolvidas na luta pelos primeiros quatro lugares", desejou.
Em relação aos Amigos de Cerva, os elogios são claros ao primeiro adversário da época. "O Cerva é uma das equipas mais fortes desta Série A, tem um plantel muito competitivo, equilibrado e muito bem preparado. Da nossa parte tentaremos condicionar o seu jogo, os seus pontos fortes, por forma a podermos impor também a nossa forma de jogar e discutir a vitória no jogo", assegurou, além de falar da estabilidade do clube no patamar competitivo dos nacionais como um dos eixos prioritários do desenvolvimento da estrutura. "O Macedense é das equipas com mais experiência nos campeonatos nacionais e tem procurado melhorar a sua estrutura e organização, por forma a dar estabilidade e condições de trabalho cada vez melhores aos atletas e equipas técnicas, para poderem desenvolver um trabalho de cada vez maior qualidade", concluiu.
Além de Rui Costa, a equipa técnica do Macedense é ainda constituída pelos adjuntos Sofia Miguel e Bruno Angélico, e o treinador de guarda-redes Luís Rodrigues. Os jogadores que irão representar a equipa principal são Luís Gomes, Vítor Costa, Freddy Martínez, Filipe Neto, Romada, Daniel Sá, Patrick, Carlos Pires, Flávio, Pedro Ferreira, Miguel Castro, Zé João, Vítor Hugo, Patrick Simão, Flash, Richie, Rafael Esteves e Philippe Alves. 
 
Texto: Redação
 

 

 

Partilhar

Data de publicação: 2020-10-09

Outras Noticias

Comentários

  • De momento esta notícia não tem comentários à apresentar.

Deixe um comentário