×
Segue-nos!
  • AF Porto reuniu com os clubes e no fim...nada

    Ver Mais
  • "Novo circuito Lousada? Talvez seja uma boa altura para pensar no assunto"

    ENTREVISTA
    Ver Mais
  • O Sorteio Taça de Portugal (3ªEliminatória)

    Ver Mais
  • Joni Brandão reforça FC Porto/W52

    CICLISMO
    Ver Mais

As Flavienses foram valentes e caíram de pé

Na Final da Taça de Portugal, o Benfica venceu por 5-0 o Chaves numa vitória sem contestação perante o Chaves que lutou muito e acreditou até onde pode.
O Benfica entrou como naturalidade a procurar controlar o jogo, perante a formação do Chaves comandada por Rute Carvalho que levou a estratégia bem definida, ser consistente defensivamente e sempre que possível explorar o ataque.
Aos 7 minutos o 1-0, Sara Ferreira num remate frontal, em que Jéssica Figueiras não conseguiu segurar e a bola acabou por passar a linha de golo.
O golo fez o Chaves abrir um pouco o seu jogo, procurou ser mais vertical e direto, conseguindo levar perigo à baliza encarnada, Catarina Silva e Daniela Campos mostraram que o Chaves estava presente para procurar discutir o jogo.
A apesar da maior posse de bola e superioridade do Benfica o Chaves dispôs de capacidade para na parte final do primeiro tempo voltar a mostrar-se no ataque.
Na segunda parte o Benfica entrou ainda mais mandão, mas a verdade é que o bloco defensivo baixo do Chaves criou bastantes dificuldades à equipa de Pedro Henriques que não conseguia levar perigo à baliza.
A exigência defensiva e as poucas soluções da equipa de Rute Carvalho, começaram a ser notórias fisicamente, a equipa não conseguia organizar ataque e começou a conceder mais espaços na sua defesa. Aos 26 minutos Pereira a encostar para o golo à segunda tentativa, depois de um excelente trabalho individual de Sara Ferreira.
O golo desmoronou a muralha defensiva do Chaves, aos 29 minutos o 3-0 por Sara Ferreira. Má reposição de bola do Chaves e Sara Ferreira num remate sem preparação acabou por surpreender a guardiã flaviense
O Chaves com a desvantagem já avolumada, procurou o 5x4. Logo a seguir nova contrariedade Kaká, a capitã a ser expulsa. Em superioridade numérica o Benfica fez o 4-0 por Janisse Silva.
O Chaves batalhou em busca do golo, mas os encarnados controlaram o jogo e fizeram o 5-0, por Fifó, em mais uma assistência de Sara Ferreira, ela que foi a principal figura do encontro.
Final do encontro com o Benfica a vencer pela 6ªvez a Taça Portugal, perante as Valentes Transmontanas do Chaves que fizeram história ao estar presente na final, deram réplica até ao limite das suas forças.
 
Texto: Luís Leal
Foto: FPF

 

Anexos:

Partilhar

Data de publicação: 2020-12-27

Outras Noticias

Comentários

  • De momento esta notícia não tem comentários à apresentar.

Deixe um comentário