×
Segue-nos!
  • Lousada mantém base e vai buscar 7 reforços

    Ver Mais
  • Portugal volta a perder diante do vizinho "chato"

    FUTSAL FEMININO
    Ver Mais
  • Pódio na Suécia para João Ribeiro em RX3

    Ver Mais
  • "Negra" em casa consagra dragões campeões

    HÓQUEI PATINS
    Ver Mais
  • Vila Caiz conquista Taça AF Porto

    FUTEBOL | AF PORTO
    Ver Mais

Leões voltam a virar jogo e ficam a uma vitória do título

O Sporting voltou a vencer o Benfica por 4-3 e fica a uma vitória de se sagrar campeão nacional.
Numa primeira parte em que as equipas começaram muito encaixadas taticamente, não permitindo superioridades e grandes lances de perigo, mas sempre muito intenso e disputado a cada lance.
Aos 7m, o primeiro logo da partida, Arthur a fletir para o meio e com remate rasteiro fez o 1-0 para a primeira explosão no Pavilhão da Luz, Guitta poderia ter feito mais mas teve uma reação tardia. Logo a seguir Guitta redimiu-se e defendeu duas bolas consecutivas de Bruno Cintra. 
Depois o Sporting foi superior, o Benfica mais defensivo e Ziky deu o primeiro aviso ao atirar ao poste. Depois entrou André Sousa em ação com uma série de defesas consecutivas que iam deixando os encarnados na frente. 
Não empatou o Sporting foi o Benfica a fazer o 2-0 por Tayebi, num lance fortuito de Pauleta que deixou a bola para o Tayebi só confirmar o golo. Antes do intervalo Afonso atirou à barra, naquele que poderia ser o terceiro para os encarnados. 
Na segunda metade o jogo teve logo um início intenso, mais Sporting ofensivo enquanto o Benfica resguardado mas sempre com os olhos na baliza, principalmente com Rocha que sempre que recebia e rodava criava calafrios. 
Aos 29m, Tomás Paçó reduziu para o Sporting para 2-1. O golo foi a “rampa” de golos que vieram a seguir e no mesmo minuto o Sporting fez o empate por Pany Varela num remate seco rasteiro fez o 2-2. O Benfica mais uma vez não reagiu de imediato e acabou por permitir aos leões entrar no jogo e virar mesmo o jogo, Pauleta “calou” a Luz ao fazer o 2-3, numa assistência primordial de Ziky.
O Benfica acalmou após o minuto pedido por Pulpis e começou a ser mais perigoso ofensivamente e depois de várias oportunidades marcou mesmo o 3-3 no auto-golo de Erick Mendonça, que levou o jogo para novo prolongamento. 
No prolongamento o Sporting foi muito forte especialmente na primeira parte, várias ocasiões, o Benfica também enviou uma bola ao poste, mas foi numa cópia da combinação entre Ziky e Pauleta do terceiro golo dos leões que o Sporting fez o 3-4.
Na segunda metade do prolongamento o Benfica foi atrás do empate e Pulpis apostou no 5x4, mas a verdade é que sem criar desequilíbrios na excelente organização defensiva da equipa de Nuno Dias e quando o Benfica conseguia oportunidades, Guitta e fechando a baliza com excelentes intervenções. 
 
O Sporting venceu por 3-4 e faz o 2-0 no play off de campeão, e fica a um jogo do título que poderá ficar decidido no próximo sábado no Pavilhão João Rocha pelas 21H.
 
Texto: Luís Leal
Foto: FPF (arquivo)

Anexos:

Partilhar

Data de publicação: 2022-06-22

Outras Noticias

Comentários

  • De momento esta notícia não tem comentários à apresentar.

Deixe um comentário